Literatura

J. R. R. Tolkien e a Terra Média

J. R. R. Tolkien e a Terra Média

É praticamente impossível se falar de literatura fantástica sem falar de J. R. R. Tolkien. Autor de obras renomadas 20162476como O Hobbit e a trilogia de O Senhor dos Anéis, criou não apenas uma história, mas todo um mundo, com sua própria mitologia, divindades e raças, que os fãs tendem a conhecer de cór. Alguns inclusive vão mais a fundo e aprenderam até as línguas criadas por Tolkien para suas obras.

Além de uma mente brilhante, Tolkien era uma pessoa muito ocupada, com esposa quatro filhos para sustentar e sendo Professor Universitário, lhe faltava tempo para escrever, e dedicava suas madrugadas à Terra Média. Em vida só chegou a publicar 10 de seus livros, contando “O Senhor dos Anéis” como obra única, devido à época de recessão na Europa devido as guerras. Inclusive lutou na Primeira Guerra Mundial e perdeu dois de seus filhos para a Segunda Guerra.

Mas nem tudo era dificuldade na vida do professor, que inclusive era muito amigo de C.S. Lewis (As crônicas de Narnia) e a amizade entre os dois está sendo pauta de um filme.

J. R. R. Tolkien era um perfeccionista nato, e tendia a escrever e reescrever seus textos, por vezes até recomeçando do zero, mas não tinha pressa, “O Senhor dos Anéis” por exemplo, levou 17 anos até chegar no formato da história que conhecemos hoje. Na verdade nem ao menos esperava que suas obras fossem fazer o sucesso que fazem hoje em dia, escrevia por mero prazer, e foi por acaso que “O Hobbit”, seu livro mais voltado para o público infantil, obteve grande sucesso literário.

downloadApós sua morte, seu filho Christopher Tolkien, com acesso aos escritos do Pai, começou a editar o conteúdo dos escritos, achando desde livros inteiros sem publicação, e os fragmentos que vieram a formar o “O Silmarillion” do jeito que foi publicado. O mesmo com “Contos Inacabados”, e “Os Filhos de Hurin”, que pegou os fragmentos dos outros dois livros citados referentes à história de Turim Turambar, e editou em um livro único, isso fora todos os 12 volumes de A História da Terra Média, que infelizmente nunca foram publicados em português.

Tolkien foi um gênio, e ainda hoje seus livros encantam a todas as idades, na Inglaterra inclusive, O Hobbit é um livro que faz parte do currículo escolar de muitas escolas, como Jorge Amado tem suas obras nos currículos brasileiros.

Seja conhecido primeiro por seus livros ou suas adaptações cinematográficas, O Professor tem encantado gerações e mais gerações, com suas histórias sobre a Terra Média, e certamente ainda vai encantar muitas mais.

 

Obras mais conhecidas:

 O Hobbit

hobbit-75-anos

Bilbo Bolseiro era um Hobbit como qualquer outro, com sua vidinha pacata e sem maiores surpresas, mas que escondia para si a vontade de se aventurar e conhecer o mundo. Após uma visita de Gandalf, começa a receber a visita inesperada de um grupo de 13 Anões, liderados por Thorin Escudo de Carvalho, que chegam com a proposta que mudaria sua vida dos pés à cabeça. E assim o pequeno Hobbit entra nessa enorme aventura com Trolls, Elfos em busca da derrota do terrível dragão, Smaug, que reinava sob Erebor, reino dos Anões. E como consequência de um encontro com Gollum, encontra O Anel do poder, que lhe dava o poder de ficar invisível.

 

O Senhor dos Anéis (3 livros)

trilogia-o-senhor-dos-aneis-capas-ilustraco-tolkien-14864-MLB20092294054_052014-F

Bilbo Bolseiro viveu muito além do que um Hobbit poderia viver e com saúde, graças ao poder do Anel encontrado em sua aventura 60 anos antes. Mas o preço pago era parte de sua sanidade. Escolhendo ir em busca de uma última aventura sem volta, Bilbo deixa o Anel de herança para seu sobrinho Frodo, que acaba incumbido pela pelo Conselho Branco, e a criação da Sociedade do Anel, a ser o portador do Anel e seu destruidor.

Assim se inicia a missão de Frodo, deixando o Condado a caminho de Mordor, a Terra Negra onde Sauron reina, para que o Anel fosse destruído em seus rios de lava, enquanto a guerra contra as trevas era iminente.

 

O Silmarillion

silmarillion_capa

O Silmarillion pode ser considerado a linha cronológica da Terra Média, onde Christopher Tolkien tentou pôr em ordem cronológica textos de seu pai dos acontecimentos desde a criação de Ea por Eru, até o fim de O Senhor dos Anéis. Nele é possível acompanhar a lenda da criação do mundo, a criação dos Valar, dos Maiar, e dos elfos, até a descoberta da Terra Média. Da criação das Silmarils, as pedras do poder de Feanor, e toda a saga que durante toda uma Era uma família sofreu para recuperar as joias, do destino da Família de Hurin, com a ascensão e a queda de Turim Turambar para Glaurung, e com informações e detalhes sobre acontecimentos durante a saga do Um Anel que ficaram de fora dos livros.

 

Contos Inacabados

Download-Contos-Inacabados-J.R.R.-Tolkien-em-ePUB-mobi-e-PDF-400x600

Como diz o nome, neste, Christopher Tolkien compilou uma serie de contos de seu pai, ainda sobre a Terra Média, mas que ficaram inacabados em vida, alguns até com mais de uma versão para o final e comentados pelo filho do autor.

 

Os Filhos de Húrin

filhosdehurincapa1

Mais uma compilação de Christopher Tolkien que buscou organizar cronologicamente os acontecimentos da vida de Turim Turambar que se encontram no Silmarillion e nos Contos Inacabados

Click to add a comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Literatura

Carioca, cosplayer, louca por seriados, escritora nas horas vagas e traça de livros em tempo integral!

More in Literatura

A Sereia Negra, de Vinicius Grossos

Juliana Carvalho7 agosto, 2015

Escola de Um Destino

Juliana Carvalho9 junho, 2015

Pecadores: a juventude, seus problemas, e a jovem autora

Juliana Carvalho5 junho, 2015

Tá Grudado, Tá Glued!