Música

“Bem Brasil”, novo álbum de Fatboy Slim, é eletronica com Brasil MESMO

“Bem Brasil”, novo álbum de Fatboy Slim, é eletronica com Brasil MESMO

Fatboy Slim arrasante com remixes brasileiros. Foto: Divulgação.

Alguém devia tê-lo chamado pra fazer a música de abertura da Copa. Foto: Divulgação.

Fatboy Slim está entre nós, fãs de música eletrônica. Claro, o superdj vem sempre ao Brasil, é o país onde ele mais toca, segundo o próprio. E não só veio ao Brasil aproveitar a onda de festas que vai haver no país por conta da Copa, mas também para lançar um álbum duplo em homeagem ao país: Bem Brasil. São remixes de músicas brasileiras em dois discos: um para o dia e outro para a noite.

Para a Folha de São Paulo, o dj criticou a música da Copa: “A canção oficial da FIFA não é feita por brasileiros, não os representa. É uma imitação.” Conseguimos perceber isso ontem durante a abertura, Fat. E deu uma alfinetada na atual cena eletrônica, que definiu como “dominada por djs popstars voando em seus jatos particulares” (olá, David Guetta?).

Os shows de Slim durante a estadia da Copa, entretanto, não são muito perto dos lugares oficiais dos jogos: Lorena (SP) e Uberlândia (MG), entre eles; ao todo são nove cidades. Bem, ele parece ter vindo mesmo é trabalhar. Mas nada que Fatboy não resolva rápido e faça um gig surpresa em São Paulo, Rio ou Salvador.

Quanto ao disco, pudemos fazer uma audição e, claro, música eletrônica de alto nível e realmente, direcionada ao Brazil Brasil. Percussão, electrosamba, e vocais chamando em português para dançar. É um hino ao Brasil, sim, feito de coração por Fatboy, utilizando samples de músicas conhecidas. São músicas com colaborações brasileríssimas e samples de estrelas nossas como Elis, Gil, Jorge Ben e até Bonde do Rolê! Checa só:

  • Taj Mahal, de Jorge Ben;
  • Magalenha, com o DJ Fresh;
  • Maracatu Atômico com vocal de Gilberto Gil;
  • Put Your Hands For Brazil (uma adaptação de Put Your Hands For Detroit, de Fedde Le Grand);
  • Bonde do Rolê com Eparrei;
  • O Cavaleiro e os Moinhos, com vocal da grande Elis Regina;
  • Gregor Salto;
  • Olodum participando de Weapon Of Choice;
  • André Abujamra e outros.

A lista segue e sim, o álbum é brasileiro, é eletrônico, é dançante e vai arrasar nas pistas. Certeza.

Click to add a comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Música

Jornalista, escritor, culturete, pseudointelectual e, nas horas vagas, eu... escrevo.

More in Música

Dez-Grudados #002 – Melhores Clipes da Lady Gaga

Jefferson Melo16 fevereiro, 2017

Demi Lovato divulga video cantando “Stone Cold” em estúdio

Alice Aquino7 outubro, 2015

Saiu o lineup do Lollapalooza 2016

Christian Felipelli6 outubro, 2015

Tá Grudado, Tá Glued!