Retrospectiva E3 2014

[Behind Doors] Batmóvel é sua maior arma em Batman: Arkham Knight

[Behind Doors] Batmóvel é sua maior arma em Batman: Arkham Knight

O Cavaleiro das Trevas está de volta.  “Batman: Arkham Knight” dá continuidade a história do morcegão, cada vez mais armado e maior – sério, Wayne está enorme em sua nova armadura.

Novamente, você estará na pele do Cavaleiro das Trevas tentando proteger Gotham de seus piores vilões. Diferente de “Origins”, que funcionou como um prequel para “Asylum”, Batman: Arkham Knight dará sequência a história iniciada no primeiro game da série. Ou seja, nosso herói está ainda mais poderoso.

batman-arkham-knightO Glued participou de um Behind Doors durante a E3, onde pudemos ver com mais detalhes a direção que Knight tomou. E aliás, podemos literalmente dizer “direção”. No quarto game da sére, o Batmóvel é fundamental para o desenrolar da trama e do próprio gameplay.

Ele poderá ser acessado em boa parte do jogo, seja dirigido pelo próprio Batman ou controlado por controle remoto. Além disso, ele passa de caranga envenenada para praticamente um tanque de guerra. Será possível mudar as configurações do veículo para cada uma das situações. Seja torná-lo mais veloz, em seu modo Afterburner, ou torná-lo mais letal com seu “Battle Mode”. Diversas missões são finalizadas apenas destruindo tudo o que se vê pela frente. E não se preocupe se você esquecer onde estacionou seu carrinho: com o toque de um botão ele aparece onde você estiver – bom, desde que não seja planando entre um prédio e outro. Ainda que até nisso ele ajude: o Batmóvel é capaz de arremessá-lo no ar, dando altitude suficiente para que você possa planar em direção ao inimigos – algo como aqueles assentos ejetáveis de aviões-caça.

batmanarkhamknightbatmobile

O combate mano-a-mano também foi aprimorado. São diversas novas formas de acabar com a infinidade de capangas que você vai se deparar no jogo. Os produtores prometem uma experiência muito mais intensa que apenas esmurrar botões loucamente. Os próprios cenários serão mais interativos nesse quesito, permitindo cegar oponentes com luz ou até eletrocutá-los. Sweet.

Estamos finalmente falando de um Batman para a Next-gen. Os gráficos estão visivelmente melhores em relação aos jogos anteriores, ainda que as expressões dos personagens ainda deixem um pouco a desejar. Apesar que… Pow, o Batman mesmo nunca teve muita “expressão”. Esse cara deveria sorrir mais. Bom… Além dos gráficos, segundo os produtores, o game ganhou verticalidade. Ou seja, mais saltos, mais vôos, mais ganchos nas paredes e mais torres, mais puzzles. Tudo para abusar da nova capacidade de processamento do XOne e PS4.

scarecrow1

A vilão da vez parece ser “O Espantalho”. Seu design está assustador e impressiona logo que aparece. Mas ele não está sozinho. Na verdade, o boneco de pano está auxiliando algum vilão misterioso que será desvendado no decorrer da trama. Aparentemente essa dupla dinâmica do mal quer envenenar toda Gotham City. Mas, eles já não tentaram fazer isso? Será que alguém do passado voltou e quer a cabeça no Morcegão? Muitas perguntas ainda sem resposta.

batman-arkham-knight

Batman: Arkham Knight será lançado em 2015 para PS4, Xbox One e PC. Também foi prometido que algumas missões extras serão exclusivas para o PS4 e elas serão totalmente focadas no Espantalho. Way to go, Sony!

 


Agora é esperar e se preparar. “Knight” deve ser um dos grandes lançamentos do próximo ano e a Rocksteady promete entregar para os fãs o que eles realmente querem: pancadaria boa do começo ao fim.

Retrospectiva E3 2014

Gosta de livros com figuras, jogos coloridos e filmes com final feliz. E odeia ser levado a sério. Ou não.

More in Retrospectiva E3 2014

[Hands-On] “Fable” não quer mais ser “Fable – Legends” chega ao Xbox One

Jefferson Melo26 junho, 2014

Veja os destaques da conferência da Sony, que foi do caramba

Valmir Martins14 junho, 2014

Veja o que rolou no Nintendo Direct – e fora dele também

Nicolas Tavares10 junho, 2014

Tá Grudado, Tá Glued!